Como a Astrologia explica a química dos relacionamentos amorosos

Como a Astrologia explica a química dos relacionamentos amorosos

17 de agosto de 2021 0 Por Robert Jonas Astrologo e Tarologo

A Astrologia é uma grande aliada na busca pelo amor. Ela nos ajuda a identificar, através do nosso horário de nascimento, as nossas formas de amar, nossas necessidades amorosas e a forma como demonstramos tudo isso.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Além disso, ela classifica os temperamentos emocionais de acordo com os elementos: Fogo, Terra, Ar e Água. Os tipos de Fogo e Ar são mais parecidos entre si e se comunicam melhor. Já os tipos de Terra e Água manifestam similaridades que tornam a relação mais confortável. Porém, nada impede, que alguém do elemento Fogo se relacione com outo do elemento Água. Muito embora ocorram atritos, tais diferenças podem ser positivas não apenas para o relacionamento, mas também para o crescimento individual.

Para a Astrologia, o posicionamento do planeta Vênus é de extrema importância. O planeta está relacionado à nossa forma de amar, à maneira como cada pessoa recebe e compartilha o amor. Uma forma de compreender os tipos diferentes de Vênus é comparando um elemento com o outro.

Vênus em Fogo ou Ar

Quando Vênus se encontra nos elementos Fogo ou Ar (Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário), nos vemos diante de um tipo que aprecia a sensação de conquista, de aventura e novidade.

Uma dica para você que quer conquistar o coração de alguém com esta configuração astrológica: controle o ciúme, porque ele pode ser o seu fim.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Vênus em Terra ou Água

Para os signos de Terra ou Água (Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes), a estabilidade afetiva é prioridade e, para conquistá-lo, é preciso conquistar sua confiança, algo que não será muito fácil.

O tipo Terra/Água é altamente desconfiado, eles entendem que qualquer um pode dizer qualquer coisa, mas que são poucos os que demonstram o que dizem. E não perdoam uma mentira, de modo que veja bem o que você faz quando namorar com alguém deste tipo astrológico!

Elementos conflitantes conduzem ao crescimento

Apesar dos tipos de Fogo geralmente se atraírem pelos tipos de Ar, e os tipos de Água se atraírem pelos tipos de Terra, não é nada incomum que relacionamentos maravilhosos envolvendo elementos conflitantes ocorram.

Quando os elementos conflitantes se encontram, atritos podem ocorrer, mas conduzem ao crescimento mútuo. Afinal, sem a Água, o Fogo jamais cessaria sua busca por novas aventuras. Sem o Fogo, a Água estagnaria numa morosidade inativa. Sem a Terra, o Ar não aprenderia a ser mais prático.

Sem o Ar, a Terra faria as coisas sempre do mesmo jeito. Sem o Fogo, a Terra tenderia à melancolia. Sem a Terra, o Fogo nunca construiria absolutamente nada. Sem o Ar, a Água viveria imersa no passado. E sem a Água, o Ar se perderia em atividades sociais superficiais.

Fonte de reprodução: Getty imagens

COMBINAÇÃO DE SIGNOS: VÊNUS EM TERRA OU ÁGUA

No outro extremo do espectro astrológico, encontramos os tipos de Vênus em Terra ou Água (Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes). Para este tipo, a estabilidade afetiva é fundamental e, para conquistá-lo, é preciso conquistar sua confiança, coisa que pode demorar um pouco.

Dados à suspeita, os tipos de Terra e Água são fáceis de magoar, e ficam com o pé atrás em relação à maioria das pessoas ou situações. Podem parecer ossos duros de roer, e são sem dúvidas menos afetuosos e “dados” do que os do tipo Fogo/Ar, mas quando sentem que estão pisando em terreno sólido são capazes de uma dedicação e constância dignos de um romance de cinema.

Fonte: https://www.r7.com